Cuscuz Paulista

O Cuscuz Paulista é um prato da culinária brasileira tradicional nas Festas Juninas, porém não raramente ele é visto nas mesas em reuniões familiares, festas de aniversário e comemorações de final de ano. Fiquei curiosa sobre sua origem e descobri que o cuscuz é originário do Egito e Marrocos, e que fazia parte da alimentação dos mouros e de lá seguiu para Portugal, sendo trazido para o Brasil pelos colonizadores, pois já era popular por lá quando o Brasil foi “descoberto”. A receita original era a base de farinha granulada, de trigo ou de cevada, mas veio sofrendo adaptações até se tornar o que conhecemos hoje. Esta receita é do Cuscuz Paulista tradicional, porém há variações como o de camarão e frango. 

Ingredientes:

  • 1/4 xícara (chá) de azeite de oliva
  • 1/2 cebola picada
  • 3 dentes de alho amassados
  • 1/2 pimentão verde picado (pequeno)
  • 1/2 pimentão amarelo picado (pequeno)
  • 1/2 pimentão vermelho picado (pequeno)
  • 2 latas de sardinha com o óleo
  • 500g de molho de tomate
  • 1 1/2 xícara (chá) de ervilhas congeladas
  • 1 lata de milho verde em conserva (sem o líquido)
  • 1 3/4 xícara (chá) de palmito em conserva picado
  • 1/2 xícara (chá) de azeitonas sem caroço picadas
  • 3 ovos cozidos e picados
  • 1/2 colher (sopa) de sal (rasa)
  • 1/2 colher (sopa) de pimenta vermelha sem as sementes picadas (opcional)
  • 1/4 xícara (chá) de cebolinha picada
  • 1/4 xícara (chá) de salsa picada
  • 2 xícaras (chá) de farinha de milho amarela (aproximadamente)
  • Óleo para untar a forma

Para Decorar:

Rodelas de tomate, sardinha (sem a espinha), 2 ovos cozidos, 1 palmito e azeitonas verdes. 

Modo de Preparo:

Coloque o azeite em uma panela grande e leve ao fogo para aquecer. Acrescente o alho, frite ligeiramente e acrescente a cebola picada. Refogue até que a cebola murche e acrescente os pimentões picados. Deixe refogar para ficar macio e soltar o sabor. Acrescente os tomates e refogue até quase se desmancharem. Acrescente o milho e as ervilhas congeladas. Mexa e acrescente as azeitonas. Junte as sardinhas, desmanche-as um pouco com a colher e acrescente o óleo das sardinhas e os ovos picados. Mexa, acrescente o molho de tomate e o palmito. Acrescente a pimenta e o sal, experimente e adicione por último a salsa e a cebolinha picadas. Em fogo médio baixo, vá acrescentando a farinha de milho aos poucos e mexendo à cada adição até que adquira o ponto do cuscuz. Continue mexendo por alguns minutos para que cozinhe a farinha. A massa tem que ficar consistente, porém cremosa.

Para enformar, unte uma forma para bolo com buraco. Decore o fundo da forma com os ovos fatiados, as sardinhas com a pele para baixo, os tomates e as azeitonas. Vá colocando aos poucos a massa e pressionando com o dorso de uma colher à cada adição. Alise a superfície e deixe esfriar um pouco. Desenforme em um prato.

Dica: A quantidade da farinha de rosca mencionada na receita é apenas para referência, pois quando de trata de farinhas em geral, é possível que haja alteração na quantidade. Neste momento o melhor é perceber à olho pelo ponto da massa, que deve estar consistente, porém umida e cremosa, pois se adicionar farinha demais, o resultado será um cuscuz duro depois de frio.

Deixe uma resposta