Doce de Abóbora de Corte

Mês de junho, Festas Juninas bombando, e quase uma quermesse à cada quarteirão… Até os menos festeiros se aventuram à dar uma passadinha numa quermesse, nem que seja pra matar a vontade das guloseimas desta época. Este doce de abóbora fez parte da infância de muitos e agrada até aqueles que não apreciam doce de abóbora de colher. Não é difícil de fazer, mas requer uma certa precisão ao ponto certo, pois pode não endurecer se tirar antes e açucarar se deixar muito tempo no fogo. Percebe-se o ponto certo, quando ao inclinar a panela o doce se solta completamente do fundo da panela e sente-se que está denso e encorpado. Você obterá melhor resultado utilizando a abóbora pescoço ou a paulista, de prefência mais madura. Para uma textura  Utilizei a abóbora moranga, por este motivo o doce ficou com uma cor amarelada e não alaranjada. Pode-se utilizar o açúcar refinado, mas o cristal é o mais indicado.

Se a preferência for por um doce mais cremoso, triture a abóbora num processador ou  liquidificador, ou com o mixer na panela mesmo. Se gostar do doce com mais textura (eu prefiro assim) amasse a abóbora com um garfo ou um amassador de bata para desmanchar.

O rendimento vai depender do tamanho do cortador, no meu caso rendeu 20 doces. 

Ingredientes:

  • 1kg de abóbora picada em cubos pequenos
  • 1 kg de açúcar 
  • 5 cravos da Índia
  • 1 pau de canela
  • 1 colher (chá) de vinagre branco
  • ½ xícara (chá) de água

Modo de Preparo:

Descasque a abóbora, retire o interior e as sementes e pique em pequenos cubos. Numa panela grande, coloque a abóbora picada e os demais ingredientes, exceto o açúcar. Leve ao fogo médio com a panela tampada até que a abóbora esteja desmanchando de tão macia. Se a água secar pode pingar um pouquinho mais.

Desligue o fogo e retire a canela e os cravos. Se você tiver um mixer, use-o na panela mesmo para triturar a abóbora, caso não tenha, bata no liquidificador ou processador e volte para a panela. Acrescente o açúcar e leve ao fogo médio-alto novamente, com a panela destampada, mexendo de vez em quando para que não grude na panela até restar pouco líquido.

Enquanto isso, unte uma assadeira com óleo ou manteiga sem sal (uma fina camada).

Quando começar a encorpar, continue mexendo, como um brigadeiro sem parar, até que o doce se desgrude do fundo da panela. Incline a panela e observe se o doce desgruda totalmente, se deslocando para o outro lado. Chegando neste ponto, retire da panela e despeje numa assadeira previamente untada com óleo ou manteiga (uma fina camada). Espalhe muito bem e assim que amornar, corte os doces com um cortador em formato de coração e coloque num outro recipiente, que pode ser uma outra assadeira, um ao lado do outro. Deixe secar até que esteja firme.

Deixe uma resposta


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0