Aligot

Sua origem é a França (Monts d’Aubrac), mas foi trazido para o Brasil pelo Chef Alex Atala e desde 2001 se tornou um dos hits do seu premiado D.O.M. e a partir daí foi introduzido em outros cardápios de outros grandes restaurantes. Seu preparo é um pouco trabalhoso (haja muque), porém muito simples. A receita clássica incorpora o queijo tipo laguiole ou o tomme de cantal ao purê de batatas. Na versão brasileira, o queijo minas meia-cura e o Gruyère são a combinação perfeita para chegar à textura ideal do aligot. Cá entre nós, o queijo meia-cura pode ser substituído pela mussarela sem problemas. O resultado é delicioso, mas também não tem como ficar ruim esta combinação não é mesmo? Na França é servido logo após  prato principal e antes da sobremesa, adaptado para o Brasil é servido como acompanhamento de carne grelhada e fica sensacional. Vamos a receita então…

 

 

Ingredientes:

  • 500g de batata
  • 250g de queijo minas meia-cura
  • 250g de queijo Gruyère
  • 250ml de creme de leite fresco

Modo de Preparo:

Lave bem as batatas com uma escovinha e leve para cozinhar em água com sal, inteiras e com casca. Cozinhe até que rachem.

Enquanto cozinha as batatas, rale os queijos em ralo grosso e reserve. Descasque as batatas e esprema-as por duas vezes ou esprema e passe pela peneira (nunca use liquidificador ou processador). Numa panela coloque a batata espremida e o creme de leite e leve ao fogo até alcançar a consistência de purê e vá adicionando os queijos aos poucos, alternadamente. Adicione um punhado, mexa até incorporar e vá repetindo esse processo até terminar os queijos. Continue mexendo vigorosamente até que se torne uma massa lisa e elástica, conforme a foto.  o ideal é que sirva logo após o preparo.

Nível de dificuldade: médio

Rendimento: uma panela média

Deixe uma resposta